Wednesday, 21 March 2007

Friday, 16 March 2007

Simul-Arte & Díptico-GGTP (English version)


"Jorge" (by Guida Almeida) - property of / propriedade de J. VanZeller

Red (by G. Almeida)


(sem título - by Graça)

" Simul-Arte " 
Graça – Painting (performing live, and / or cinematography)
Guida Almeida – Painting (performing live)



"Díptico - GGTP"
Paleka – Drums (in trio – “Longetude 0” with Carlos Azevedo and one more musician)
Carlos Azevedo – Piano

(and / or Visual Arts)
Graça – Painting (performing live, and / or cinematography)

Guida Almeida – Painting (performing live)


(sem título - by Graça)

These two projects have a common goal:
- to stretch the boundaries of the definitions of Music and Art (Fine Art). In an era of “Globalization and “Anti-Globalization”, the members of these projects seek both perspectives; through the merging of Art forms, and concurrently through expressing themselves via their own inevitable ethnological idiosyncrasies. Futhermore, this is done within the musical perimeters of jazz, contemorary, "world music", and visual abstraction for the most part.
---------------------------------------

Guida Almeida (colour treated photo)

Simul-Arte and Díptico – GGTP are projects born from the joining of two artistic modes of expression
Music & Fine Arts (in this case painting).


Their origins are based on:
– Performances where live painting and music converge, and share the
same stage. (i.e. ‘Cruzumana’ – w/ Guida Almeida)

– And musical performances for Painting Exhibits by Graça
(i.e. Paleka, and Carlos Azevedo)

Composition Y10 (by G. Almeida)

For the same reason that in some parts of the world, the definition for “ Music ” encompasses simultaneously Dance and Music,
- these people propose to search for another rendition for the term, one comprised of Visual Arts (Fine Arts) and Music.
- to find an object's SMI "simultaneous multiple interpretation" 


(sem título - by Graça)
In truth, the inspiration for performing simultaneously within both realms, among other reasons, comes from several years of rehearsals and respective performances in which musical ideas, for one reason or another were expressed pictorially (ex. “Gog” – w/ G. Almeida and others).
- These were cases in which standard notation was insufficient in order to covey musical concepts. This became evident in previous musical projects involving Guida Almeida. These projects (such as the previously mentioned “Gog”), difficult to define musically (being a single or mixed compost of: Jazz – Fusion – Acid etc. / and Contemporary Music – Serial – Minimalist – etc.) for the most part involved among others – Paleka, a versatile and talented drummer, along with other musicians.
The other mentioned musician - Carlos Azevedo - is a talented artist and thus has freedom to move within the project as a plastic artist an as a musician.


(sem título - by Graça)


Graça is an experienced and thrilling painter, having worked for the film industry (European) for approximately 30 years. For her, Visual Arts are not in the least bit limitted to painting or sculpture. She has also on occasion painted live, along side Guida Almeida (Art Centre – Estoril, Portugal). Some of the musicians in these projects (Carlos Azevedo, Paleka) have frequently performed at her Art Exhibits. Her work, along with that of Guida Almeida (Costa) can be found in numerous public and private collections.

(Guitar/Cello study II - Guida Almeida)
All of the mentioned members (Carlos Azevedo, Paleka, Graça and Guida Almeida) have a strong sense of alliance to one another. Hence as they perform, they act as accomplice to each and all as they work together in a tightly knit fashion.

Musically, most of them come from a rich background in Jazz and/or Contemporary Music, two being prime examples for contemporary jazz from a small and ancient European nation, Portugal.

(sem título - by Graça)
Thus the terms: “Simul-Arte”, for simultaneous art movement
and “Díptico – Grupo Geral de Trabalho e Pesquisa” (which roughly translates to “ Diptych – Comprehensive Group for Work and Research ” ), for the twofold - artistic endeavours.
---------------------------------------------------
Painters Graça and Guida Almeida are the performing visual artists for both projects; whereas  Carlos Azevedo or Paleka are responsible for music in “Díptico-GGTP”.
* Carlos Azevedo may also be involved as a Plastic Artist.


Thursday, 15 March 2007

Favourites (Favoritos)

- carregue com o rato no "Technorati" link por baixo desta imágem para incluir esta página nos seus favoritos
- click your mouse on the "Technorati" link, below the picture, and make this page one of your favourites

"Still Life 01" (by Guida Almeida)


Add to Technorati Favorites

Paleka Drums, Margarida e volta ...

- (uma breve descrição dos espaços "Paleka Drums", e Margarida e volta".)
- a brief summary of "Paleka Drums" blogspot, and that of "Margarida e volta", click your mouse on the "Technorati Profile" below the picture.

Duo (by Guida Almeida)

Technorati Profile

Wednesday, 14 March 2007

projectos: Simularte, Díptico (português)


sem título (por / by Graça)



Cuitar/Cello Study III (por / by Guida Almeida)

Simul-Arte


duo ou trio
 Guida Almeida – Pintora (pintura ao vivo) Graça – Pintora (pintura ao vivo e / ou cinematografia) com Carlos Azevedo 


Este é um projecto novo inspirado no espectáculo a solo musical de Carlos Azevedo, e na pintura executada ao vivo integrada nesse concerto musical (G.Almeida).
Este grupo tem como objectivo ampliar o conceito de música ()ao apresentar-se em duo ou em trio intitulando-se
– Simul-Arte –

- Dentro deste tipo de trabalho existem tambem os conjuntos – Díptico GGTP – que têm sevido de uma maneira ou de outra como fonte de pesquisa às artistas Graça e Guida Almeida.
------------------------------------------------------------
Naríz (por / by Guida Almeida)

Díptico-GGTP (Grupo Geral de Trabalho e Pesquisa)
Du - O (“Díptico” – em dueto)

Carlos Azevedo – piano
Guida Almeida – pintura

Discritivo de espetáculo

Carlos Azevedo – piano (música criada / recriada por ele em diálogo com a gestualidade
da pintura feita em simultâneo)
Guida Almeida – pintura (execução ao vivo – inspirada na sua pesquisa de códigos visuais para a música
e na intervenção musical da outra componente deste dueto Carlos Azvedo)
- para uma possível representação pictórica do som como entidade espácial, para além da sua dimensão
temporal (trabalho resultante como forma de homenagem a Jorge Peixinho*)

* - compositor (antigo professor de ambos G. Almeida e C. Azevedo)


"Still Life" (por / by Guida Almeida)
Tri - O (“Díptico” – em trio) Carlos Azevedo – piano Graça – pintura (com ou sem projecções * ver descritivo) Guida Almeida – pintura (alguma intervenção musical esporádica, conforme C. Azevedo achar apropriado)
Discritivo de espetáculo

Carlos Azevedo – piano (música criada / recriada por ele em diálogo com a gestualidade
da pintura feita em simultâneo)
Graça – pintura (execução ao vivo – inspirada no músico e na outra pintora como objectos temáticos para a sua obra – enquanto actuam os três em conjunto)
– e / ou Artes cinematográficas (projecção / projecções)
Guida Almeida – pintura (execução ao vivo – inspirada na sua pesquisa de códigos visuais para a música e na intervenção musical / plástica das outras duas componente deste trio:
Carlos Azevedo e Graça)
- para uma possível representação pictórica do som como entidade espácial, para além da sua dimensão
temporal (trabalho resultante como forma de homenagem a Jorge Peixinho*)

* compositor (antigo professor de ambos C. Azevedo e G. Almeida)


Violoncelista (por / by Guida Almeida)
Quartet - O ( “Díptico” – ensemble ) Blueprint (trio sob orientação de Paleka – baterista) – música Guida Almeida – pintura ( ou Graça * )
Discritivo de espetáculo
Blueprint (trio sob orientação de Paleka – baterista) – música
Guida Almeida – pintura (execução ao vivo inspirada na sua pesquisa de códigos visuais para a
música e na intervenção musical das outras componentes do quarteto, podendo ela própria
recorrer esporádicamente à intervenção músical
( ou Graça * )

Um palco ocupado pelos quatro intervenientes em que a pintura é inserida como mais um dos músicos a “ tocar ”…
* caso seja esta a artista a intervir (no lugar de Guida Almeida) a pintura será baseada no espaço envovente:
músicos, instrumentos, etc. (poderá recorrer a uma intervenção cinematográfica para o quarteto com
G. Almeida ou ela própria independent de quem for a quarta componente deste quarteto)

(motivada pelo estilo de repertório tocado, sob a referida orientação do baterista, e devido aos laços deste para com o seu mentor, a obra pintada resultante ficará como homenagem à memória de Luis Villas-Boas)
Blue meninos (por / by Guida Almeida)

Quintet - O ( “Díptico” – em ensemble ) Blueprint (trio sob orientação de Paleka – baterista) – música Guida Almeida – pintura Graça – pintura
Discritivo de espetáculo:

Blueprint (trio sob orientação de Paleka – baterista) – música
Guida Almeida – pintura (esporádicamente com algumas intervenções musicais)
Graça – pintura / com ou sem Artes cinematográficas (projecção / projecções)

- um palco ocupado pelos cinco intervenientes em que uma pintora é inserida como mais um dos músicos a “ tocar ”, e a outra inspirando-se na actividade física (corporal) do evento.

(motivada pelo estilo de repertório tocado, sob a referida orientação do baterista, e devido aos laços deste para com o seu mentor, a obra pintada resultante ficará como homenagem à memória de Luis Villas-Boas)

sem título (por / by Graça)
-----------------------------------------------------------------

Graça tem dedidado mais de 25 anos da sua vida ao cinema, e tem uma maturidade como artista plástico inegável. Ela tem tido o apoio destes músicos a actuar nas suas exposições e tambem tem pintado ao vivo com Guida Almeida (Arte Centre).
Guida Almeida tem um passado a actuar com estes músicos e eles são frequentemente fonte da sua inspiração plástica (inclusivamente tendo ela recorrido à intervenção plástica durante ensaios para efeitos de pesquisa, e por veses em concerto – ex. “Cruzumana”).
 Há uma forte relação de cumplicidade entre os todos (tal como o há com os restantes músicos mencionados no projecto Díptico-GGTP).

sem título (por / by Graça)
Do mesmo modo como haverá locais em que a música e a dança são uma só arte e não duas separadamente, este ensemble – Simul-Arte – , tal como os do Grupo Geral de Trabalho e Pesquisa – “ Díptico”, tem como base a junção das artes visuais e a música – (teremos muito gosto em dar mais detalhes sobre este processo).
naufrago (por / by Guida Almeida)
---------------------------------------------------------

Entre outras coisas este projecto pretende o alargarmento do conceito (ou uma possível alteração no conceito)
de Música. Poder-se-á dizer o mesmo em relação a Arte (Artes Plásticas), conforme a
perspectiva Músico / Artista Plástico.

Para reforço deste objectivo recorremos em certas ocasiões, consuante o espaço, à arte cinematográfica (projecção). Embora, como verá na descrição de actuações que enviamos junto a esta carta, esta última não seja uma componente obrigratória na nossa intervenção, ela não deixa de ser um factor a ter em conta,
e por vezes relevante, para uma maior envolvência da parte do espectador.
banhista (por / by Guida Almeida)

Esta tentativa de alargamento de conceitos ( Música / Arte ) da nossa parte é através de uma contínua pesquisa para uma visualização da música (ou busca de um dos seus possíveis códigos visuais, para além da simples escrita), e vice-versa.

Este projecto tenta ter em conta a componente cultural (identificação sócio-cultural) dos artistas intervenientes independentemente destes serem músicos ou artistas plásticos.

Esta nossa actividade entre outras coisas tambem é, conforme os intervenientes, a nossa forma de exprimir o impacto que tiveram alguns vultos do nosso meio musical (citados na – “ Descrição de Espectáculo” dos eventos por nós sugeridos) – são pessoas que marcaram profundamente a vida de alguns dos intervenientes dos agrupamentos: Simul-Arte e Díptico GGTP.
Mafarricas (por / by Guida Almeida)

Saturday, 10 March 2007

fotos de trabalhos (artwork photos) - ab ovo III, Guitar/Cello Study III (by Guida Almeida)



ab ovo III / o Pecado (by Guida Almeida)
property of : propriedade de J. Cabral






































Guitar/Cello Study III by Guida Almeida

Art Show / Exposição (Graça & Guida no Estoril) convite



Art Show / Exposição (Graça & Guida no Estoril)


a inaugurar 14 / 04 / 2007 às 18 horas - Vinde! (Galeria de Arte - Junta de F reguesia do Estoril)


com música (Jazz) ao vivo:
Carlos Azevedo - piano
Paulo Neves - contrabaixo
Paleka - bateria

e com um monólogo dramático:
Frederico Pessanha

fotos de trabalhos(artwork photos) - Gémeos, Trio (by Guida Almeida)








Gémeos
by Guida Almeida Menção Honrosa -
XIII Galeria Aberta 2003

Honourable Mention



Trioproperty of / propriedade de
António Castanho

Friday, 9 March 2007

fotos de trabalhos (artwork photos) - violoncelista (by Guida Almeida) propriedade Antº Barros C.


Violoncelista
by Guida Almeida
property of / propriedade de Antonio Barros C.

fotos de trabalhos (artwork fotos) - Drummer-kid (by Guida Almeida)


Drummer-kid
by Guida Almeida
property of / propriedade de Paleka (drummer)

sobre os trabalhos e autora - (Guida Almeida)


Eremita - by Guida Almeida
Honourable Mention / Menção Honrosa - XIV Galeria Aberta 2005
Filha de emigrantes, Margarida F A Costa (Guida Almeida) é uma Luso-Canadiana. Irradicou-se no Canadá em 1967.

Iniciou o seu percurso artístico nos anos 70 fazendo entre outros trabalhos, pequenas esculturas (em tamanho real) de partes anatómicas do corpo humano ( “Totem Pole”, “Here’s My Hand” e “Toughened Mind”, etc). No final desta década passa a dedicar-se à pintura e ao desenho (“Gymnast – Rear View”, “Wooden Stools”, …).

Por ésta altura sofreu a incontornável influência de um grupo de pintores canadianos - The Group of Seven (Thomson, Carmicheal, Harris, Macdonald, Jackson, Lismer, Varley) e de outros seus contemporâneos (anos 20 – 60) - Emily Carr, A.J. Casson, e David Milne cujos trabalhos, paisagens de côres fortes e carregados de simbolismo a impressionaram. São desta altura os trabalhos, entre outros – “Winter Barn”, e “Standing in the Snow”.


Nos anos 80 continuou nesta linha mas desta vez é a própria natureza que coméça a humanizar-se como se pode ver nas óbras, “The Wind and the Trees”, “Thunder Storm”, e “Thicket”.
No final de 1989 voltou para Portugal.
Foi nesta altura (até meados da decada de 90) que, devido à colaboração na execuçaõ de vitral no Atelier de seus pais, ela retóma o corpo humano como motivo frequente nos seus trabalhos (“A Sala do Claus”, “Abstract North” e outros).

As últimas séries de trabalhos têm tido como fonte de inspiração a sua actividade de músico (“o violoncelista”, “um dia na vida de um baterista”, “bailarinos”, etc.), a mitología (“o protesto – Laconte”, “Naúfrago”, etc.), e o jogo (“Eremita”, “em braços/embaraços”, “Mr. Green – o lobo das estepes”, …). È fã incondicional, entre outros artistas plásticos portuguêses, de Maria João Franco, Júlio Pomar, J.Resende, e Graça – artista com quem por vezes expõe).
winter barn (por Guida Almeida 1978 oil on board)